Domingo, 22 de Abril de 2007

COMBOIO DA VIDA!!!

Já viajou de comboio alguma vez?

Numa viagem de comboio podemos notar uma grande diversidade de situações ao longo do percurso.

E nossa existência terrena bem pode ser comparada a uma dessas viagens mais ou menos longa.

Primeiro porque é cheia de embarques e desembargues, alguns acidentes. E grandes tristezas em algumas partidas.

Quando nascemos entramos no comboio e deparamo-nos com algumas pessoas que desejamos, que estejam sempre connosco:

São nossos pais. Infelizmente, isso não é verdade; em alguma estação eles descerão e nos deixarão órfãos de seu carinho, amizade e companhia insubstituível...

Mas isso não impede que, durante a viagem, pessoas especiais embarquem para seguirem viagem  connosco. São nossos irmãos, amigos e amores.

Algumas pessoas fazem desta viagem um passeio.

Outros encontrarão somente tristezas.

Algumas circularão pelo comboio, prontos a ajudar quem precisa.

Muitos descem e deixam saudades eternas.

Outros passam de uma forma que, quando desocupam seu lugar, ninguém percebe.

Curioso é constatar que alguns passageiros que nos são tão queridos se acomodam em vagões distantes dos nossos; o que não impede, é claro, que durante o percurso, nos aproximemos deles e os abracemos... embora jamais possamos seguir juntos, porque haverá  alguém ao seu lado ocupando aquele lugar.

Mas isso não importa, pois a viagem, é cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperas, despedidas...

O importante mesmo, é que façamos nossa viagem, da melhor maneira possível, tentando relacionar-nos bem com os outros passageiros, vendo em cada um deles, o que tiverem de melhor.

Devemos lembrar-nos, sempre, que, em algum momento do trajecto, eles poderão fraquejar e, provavelmente, precisaremos entender, porque nós também vamos fraquejar muitas vezes e, certamente, haverá alguém que nos entenda e estenda a mão.

A grande diferença afinal é, que no comboio da vida jamais sabemos em que paragem temos que descer.

Muito menos em que estação, descerão nossos amores, nem mesmo aquele que está sentado ao nosso lado.

É possível quando tivermos que desembarcar  a saudade nos faça companhia...

Pois não é fácil separarmo-nos dos amigos, nem deixar que os filhos sigam viagem sozinhos, com certeza será muito triste.

No entanto em algum lugar, há uma estação principal para onde todos seguimos e, quando chegar a hora do reencontro teremos grande emoção de poder abraçar nossos amores e matar a saudade que nos fez companhia  ao longo do tempo.

Que  a nossa breve viagem seja uma grande oportunidade de aprender e ensinar, entender e estender a mão àqueles que viajam ao nosso lado, porque não foi o acaso que os colocou  ali.

Que aprendamos a amar e a servir, compreender e perdoar porque não sabemos quanto tempo ainda nos resta até à estação, onde teremos que deixar o comboio.

sinto-me:
publicado por isabelsushi às 18:57
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De cindamoledo a 24 de Abril de 2007 às 19:59
Por acaso já viajei muitas vezes de comboio, viagens longas e viagens curtas, gostei imenso, mas só de algumas...pois há viagens de comboio muito difíceis de fazer, como na linha de Sintra, os comboios vão lotados, e lá dentro vai toda a espécie de gente, gente boa e gente menos boa...
Gostei do texto, agora digo.... :é bom não sabermos quanto tempo falta para chegarmos à estação, e deixarmos o comboio. Um xi- (L)]
De dreem a 2 de Maio de 2007 às 19:26
Atè que no fundo tem uma certa lògica ,vendo bem acabas por nos por a pensar...miga obrigado pela tua visita e volta sempre .
Um abraço do Rui
De isabelsushi a 2 de Maio de 2007 às 21:14
Olá amigo, esta realmente é a realidade da vida, por muito que não queiramos, não era para pôr ninguém a pensar, era só como eu me sentia...
Obrigada pela visita!
Volta sempre!
Um abraço amigo!

deixe um comentário


Get your own glitter and more at BlingyBlob.com

Faça uma visita ao meu blogs das anedotas

carregue no ratinho

 

 

.Visitas

Trump Baja Condos
Port Lawrence
MEUS SELOS LEVA O QUE MAIS GOSTARES





Nova página 1

Traduza esta Página

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Nova página 1

*O MEU OUTRO ESPAÇO*

*Blogs das anedotas*

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

  • Maripossa

  • * PRÉMIOS * Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket Photobucket Photobucket
  • .posts recentes

    . SOMENTE HOJE...

    . ...

    . ...

    . O LUAR

    . * * PENSAMENTO * *

    . * * A Lágrima **

    . * MARIA *

    . DESENCONTROS

    . RAZÃO E EMOÇÃO

    . DÚVIDAS

    .favoritos

    . Asas quebradas...

    . Um amor puro

    . Nem todos os Natais serão...

    . Não te amo mais... Será?

    . Fecha os olhos, deixa a m...

    . Os Verdadeiros Amigos são...

    . Ama-me como sou...

    . A cor da lágrima

    . Filosofia Hindú

    . Coisinhas

    .links

    .

    MySpace

    .arquivos

    . Abril 2009

    . Janeiro 2009

    . Novembro 2008

    . Setembro 2008

    . Agosto 2008

    . Julho 2008

    . Junho 2008

    . Maio 2008

    . Abril 2008

    . Março 2008

    . Fevereiro 2008

    . Janeiro 2008

    . Dezembro 2007

    . Novembro 2007

    . Outubro 2007

    . Setembro 2007

    . Agosto 2007

    . Julho 2007

    . Junho 2007

    . Maio 2007

    . Abril 2007

    . Fevereiro 2007

    . Janeiro 2007

    . Dezembro 2006

    . Novembro 2006

    . Outubro 2006

    . Agosto 2006

    .mais sobre mim

    blogs SAPO